top of page
blog2.png

Blog

Conheça 5 mercados de Natal encantadores da Itália

Após as restrições impostas para frear a pandemia, os tradicionais mercados de Natal da Itália voltaram com força neste fim de ano.

Os mercados de Natal voltam com força neste fim de ano e os eventos italianos estão repletos de atrações especiais. No norte do país, estão os mais famosos, que apresentam artes, jogos, objetos de artesanato, comidas e doces especiais.


No coração de Bressanone, na região Trentino-Alto Ádige, as luzes do mercado de Natal se acenderam em 24 de novembro com uma rica programação de festa e eventos. Todas as segundas e quartas-feiras é encenada uma manifestação na praça do Domo, com demonstração de trabalhos artesanais e a contação de histórias clássicas.


Declarado um evento “verde”, o mercado de Bressanone apresenta muitas medidas sustentáveis como redução do lixo, controle no consumo de energia, além de facilitar o transporte ferroviário até o evento. O mercado fica aberto até 6 de janeiro.


Em Vipiteno, também no Trentino-Alto Ádige, luzes, guirlandas, presépios e decorações natalinas em geral são as atrações para os visitantes do evento que segue até o dia da Epifania. Além disso, passeios de charrete fazem com que o local se torne um cenário perfeito para uma foto clássica do inverno europeu.


Sob as “Torre delle Dodici“, uma antiga torre medieval construída em 1486, caminha-se entre 34 casinhas decoradas e patina-se em uma pista de gelo especialmente construída. As comidas de maior destaque são os biscoitos decorados e o vinho com canela.


Ainda na mesma região, Trento vira a “cidade de Natal” com eventos entre as praças Fiera e Cesare Battisti até o dia 8 de janeiro.


É um dos mercados mais sustentáveis da Itália graças ao reduzido de impacto ambiental e as duas bicicletas especiais colocadas nas praças para que os visitantes ajudem a gerar energia para alimentar as luzes usadas na feira. Há 28 anos, nas 75 casinhas de madeira do mercado, encontra-se de tudo – dos objetos artesanais às delícias culinárias.


Já em Livigno, na região da Lombardia, o ambiente do mercado é mágico e cheio de fábulas. As casinhas de madeira são decoradas com luzes coloridas e adornos tradicionais enquanto perfumes e o manto de neve nos telhados trazem uma atmosfera ainda mais sugestiva. O local fica aberto até o dia 24 de dezembro.


Até o dia 11 de dezembro, em Santa Maria Maggiore, no coração do Vale d’Ossola, na região de Piemonte, há 200 chalés de Natal em um longo percurso expositivo onde são apresentadas todas as excelências artesanais regionais.


Entre os destaques, estão obras feitas com troncos de abetos e os tradicionais alimentos decorados, além de vinhos, piadinas e castanhas portuguesas assadas.


Fonte: Italianismo

Comentários


bottom of page